segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Brasil goleia e “lava a alma” em cima da Venezuela

A seleção brasileira fez uma bela partida contra a Venezuela e deixou para trás o fantasma da última derrota, 2 a 0 em junho deste ano. Jogando fora de casa, a seleção precisou de apenas 18 minutos para liquidar o jogo contra Venezuela. O quarteto de ataque, formado por Adriano, Robinho, Kaká e Elano, estava entrosado e logo no início conseguiram matar o jogo. Com destaque para atuação de Robinho e Kaká, que dominaram o jogo e foram fundamentais para o placar de 4 a 0.


Kaká comemorando o primeiro gol do Brasil.


A partida começou com a seleção brasileira no ataque e pressionando a Venezuela. Aos cinco minutos Robinho toca para Kaká entrar na área, driblar o zagueiro e acertar o ângulo esquerdo do goleiro Vega, fazendo 1 a 0. O Brasil nem deu tempo para a reação venezuelana. Aos nove minutos, Robinho fez boa jogada pela esquerda e chutou da intermediária, pegando o goleiro de surpresa.



Robinho faz o segundo.

A Venezuela não conseguia reagir e só dava seleção brasileira. O quarteto de ataque trabalhou junto no terceiro gol brasileiro. Kaká inverteu a bola para Elano que da entrada da área cruzou para Adriano marcar o dele. Brasil 3 Venezuela 0. O jogo já estava ganho antes dos 20 minutos do primeiro tempo.


Adriano também marca o dele.

A seleção da Venezuela teve algumas boas oportunidades, mas todas pararam nas mãos do goleiro Júlio César que fez grandes defesas. No segundo tempo o Brasil esfriou um pouco com o placar elástico da primeira etapa. Kaká e Robinho continuavam incomodando a zaga venezuelana. O lateral Kléber cruzou para Robinho ajeitar e mandar no canto de Vega, fechando a goleada.
Os jogadores e o técnico Dunga ficaram satisfeitos com a atuação do Brasil. "Mostramos atitude e velocidade, tudo que sempre querem ver na seleção brasileira", afirmou o meia Kaká. Dunga também aprovou a velocidade da seleção. “Depois que o Brasil vence, todas as equipes são fracas. Jogamos forte desde o início, jogamos pra frente. Procuramos nos manter tranqüilos e fizemos a nossa parte. Sempre digo que as partidas fáceis ou difíceis somos nós que fazemos. Se nos comportarmos bem, as coisas ficam fáceis. Outras vezes, não. A velocidade e a qualidade técnica fizeram a diferença. Aproveitamos as oportunidades que tivemos”, resumiu Dunga.

Kaká e Robinho foram os destaques do jogo.

Com o resultado, o Brasil está com 16 pontos e em segundo lugar na classificação, contra o Paraguai que tem 20 pontos. A Argentina vem em terceiro também com 16 pontos, mas perdendo em saldo de gols.
A próxima partida da seleção brasileira é na quarta-feira, dia 15, no Maracanã. Os jogadores contam com o apoio da torcida para também vencerem a Colômbia no Rio de Janeiro. “Faz tempo que eu não faço um gol em casa. Quero fazer com o Maracanã lotado, com família e amigos. Espero que a gente possa jogar bem dentro de casa”, disse o atacante Robinho ao final do jogo.

2 comentários:

Flávia Dias disse...

Blog muito bacana!! Atualizado e com matérias muito bem escritas!! Parabéns!! Sucesso e continue assim!!

Malacco disse...

E assim voce arruma emprego e na globo de uma vez
ahuahauhauahauahauahauh
Otimo
BRASIL!
bjoss