domingo, 3 de maio de 2009

Flamengo vence Botafogo nos pênaltis e é tricampeão carioca

Pela terceira vez consecutiva Flamengo e Botafogo se encontram na final do Campeonato Carioca. O jogo de hoje foi o terceiro seguido entre as duas equipes e novamente, o resultado foi 2 a 2 no tempo normal. A decisão teria que ser nos pênaltis. E brilhou a estrela do goleiro Bruno do Flamengo, que já havia defendido um pênalti durante a partida. Bruno pegou mais dois pênaltis para dar o tricampeonato ao Flamengo. O jogo pareceu uma repetição da final de 2007, onde os dois times empataram por 2 a 2 e Bruno foi responsável pela vitória flamenguista nos pênaltis.

Jogadores do Flamengo comemoram o tricampeonato carioca.
O rubro-negro saiu na frente no Maracanã. Após uma cobrança de escanteio, Leandro Guerreiro cabeceou para o alto e Kleberson tocou de cabeça, encobrindo o goleiro e Ronaldo Angelim ainda tentou de carrinho. Flamengo 1 a 0 Botafogo. O alvinegro tentou reagir, mas estava confuso em campo e só conseguiu acertar uma boa no travessão. A zaga botafoguense bobeou fazendo falta na entrada da área. Em jogada ensaiada, Kleberson mandou a bola, que desviou em Alessandro e entrou. Flamengo abria dois gols de vantagem.
O Glorioso voltou para o segundo tempo arriscando tudo. Ney Franco tirou o zagueiro Emerson para a entrada do meia-atacante Jean Carioca. E logo no primeiro minuto, Juan colocou a mão na bola dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Vitor Simões bateu mal e Bruno defendeu. O Botafogo não desanimou e conseguiu o improvável, em três minutos chegou ao empate. Juninho cobrou falta aos 16 minutos com categoria e diminuiu a diferença. Três minutos depois, Alessandro tocou para Túlio Sousa chutar encobrindo o goleiro Bruno e empatar o jogo. A decisão seria mesmo nos pênaltis.


Bruno defende três pênaltis na partida e foi o herói do Flamengo.

Kleberson fez o primeiro para o Flamengo e Léo Silva empatou para o Botafogo. Juan fez o segundo do Mengão, mas o zagueiro Juninho, assim como em 2007, bateu mal, no meio do gol e Bruno defendeu. Aírton converteu para o Flamengo e Gabriel diminuiu para o Fogão. Léo Moura bateu bem e deixou a responsabilidade com Leandro Guerreiro, que precisava marcar para seguir a decisão. O volante não agüentou a pressão e errou. Chutou mal no canto direito e Bruno defendeu mais uma e consagrou o Flamengo tricampeão. Festa rubro-negra no Maracanã, pela terceira vez seguida. Assista abaixo aos pênaltis da decisão do carioca.

5 comentários:

Ingrid #) disse...

e eu fiquei assinto, torcendo e deu Flamengão =D

legal teu blog, da pra "acompanhar" bem o jogo só pelo que você falou aí =)

Ingrid #) disse...

e eu fiquei assinto, torcendo e deu Flamengão =D

legal teu blog, da pra "acompanhar" bem o jogo só pelo que você falou aí =)

Filippe disse...

A torcida do Botafogo mereceu

ivan junior disse...

Brilhou a estrela de Bruno, a inesperiência de Renan contou no final. As duas equipes são tecnicamente parecidas, tinha que ser nos pênaltis mesmo.

Danilo Moreira disse...

Eu assiti uns trechos do jogo, foi bem emocionante mesmo.

Apesar de Corinthiano (e campeão paulista invicto uhuuuuu!!rs) eu tb torço pelo Flamengo qdo entram em campo.

Abçs

http://blogpontotres.blogspot.com/