sábado, 2 de maio de 2009

15 anos sem Ayrton Senna

Há 15 anos atrás, o Brasil perdia um dos mais especiais ídolos do país. O piloto de fórmula 1 Ayrton Senna, popularizou o esporte no Brasil e fazia das manhãs de domingo um momento especial. Com suas ultrapassagens arriscadas e vitórias emocionantes, o tri campeão mundial Ayrton Senna será eternamente lembrado por todos os brasileiros. Assista abaixo uma reportagem especial sobre esse incrível piloto.

13 comentários:

Marton Olympio disse...

ah, vou ser chatão.
Mas, não acho F1 esporte.
Quem tem um carro melhor ganha.
Nem se compara a uma corrida de 100 metros ou natação.
No mais nunca curti muito o senna, que era mais brasileiro que os brasileiros e um cara que não assuima a sua sexulaidade a fundo.
Mas como disse, sou chatão mesmo.
E fã do Piquet (rs)

:)

http://martonolympio.blogspot.com/

AoO bUtEcO disse...

Bom eu já acho F1 um esporte e o senna um grande atleta que fez seu nome no páis e poderia ter feito mais se ainda estivesse entre nós..

acesse: www.aoobuteco.com

ivan junior disse...

Muito bem lembrada esta data tão triste. Pra mim, sem dúvidas, o mais importante ídolo do esporte brasileiro, por sua competência e grande pessoa como foi. Sinto muito a falta deste PILOTO aos domingos de GP.

Anônimo disse...

Excelente lembrança e homenagem a um dos mais conhecidos e respeitados atletas brasileiros do cenário mundial. Assim como milhares de fãs fiquei consternado no fatídico dia do acidente. Senna representou brilhantemente o Brasil e deu um grande exemplo a todos atletas e cidadãos.
Devemos lembrar também da grande missão de Viviane Senna com a Fundação Ayrtom Senna que já ajudou a milhares de jovens.
Parabéns Ana Paula.
Abraços,Ricardo Salema

Dayse disse...

Adorei rever cenas do Senna. Embora fosse apenas uma criança naquela época, lembro (graças à minha memória prodigiosa) de suas vitóras sensacionais. Era de arrepiar... Ele ganhava com câmbio quebrado, sem gasolina, desmaiando no final de exaustão, era pura emoção! Muito diferente das corridas de hoje. Mas valeu, adorei mesmo.

Anônimo disse...

Quando o Marton Olympio falou que seria chatão eu acreditei, entretanto quando eu li o comentário dele, percebi que ele foi um babaca. (Antes tivesse sido apenas chatão.)

Caro Marton, se o seu pouco conhecimento de esporte, não o permite reconhecer Formula I como esporte, acho que você comentou a matéria errada. Outra coisa, o assunto do blog é esportes, não sexualidade, talvez você deva procurar um blog mais adequado para tecer comentários pertinentes à sexualidade de atletas e/ou outras personalidades.
É uma pena que a sua participação nessa matéria não tenha contribuído positivamente para o blog.
Desejo mais lucidez no próximo comentário.

Net Esportes disse...

Oi Ana, muito obrigado pela visita e comentário no meu blog, vc está indo muito bem por aqui, parabéns.... muito bom o video, boa edição.... te desejo bastante sucesso e muita sorte, até +

Caroline Bigarel disse...

Acabei de ler sobre o mesmo assunto em um outro blog. Isso só mostra o quanto nosso Ayrton deixou saudades e um buraco vazio nesse planeta terra. Pessoas assim não podem ser esquecidas, merecem sempre serem relembradas na memória de nossa história, muito mais como ser humano do que um ícone do automobilismo esportivo.

Que ele esteja em paz e correndo por entre nuvens, olhando lá de cima como a terra é mesquinha e pequenininha! rs

ate mais!

Chapolim disse...

Obrigado pela lembrança.

Eu era criança quando o Senna morreu. Lembro aos domingos, almoço em casa com a família. Se o Senna ganhava, todos conversavam animados, davam risadas. Se o tema da vitória não tocava, o almoço era mais seco, meu pai meio de mau humor. A única coisa que podia salvar o fim de semana era uma vitória do Santos na rodada.

ED CAVALCANTE disse...

Lembro-me desse episódio com detalhes. Sou fã de formula 1 e assistia a corrida quando a tragédia aconteceu. Tristíssimo. Teve uma acidente com Rubinho na sexta, a morte do Ratsemberg no sábado e a grande tragédia na Tamborello. Inesquecível!

Pâm Cristina LF* disse...

Belo blog!
Adorei a presença no blog do Luis :)
volte sempre lá!
Abraços

adenilson disse...

ke legal seu blog
feminino com toke feminino do jeitinho masculino com a visão feminina e inteligencia.....feminina claro xD~

ayrton é mto mais q um ícone...
histórico.
sensacional.
viva ayrton
o unico corinthiano famosos q eu gostava [e ainda gosto]

parabens pelo blog.

www.bagageirodocurioso.spaceblog.com.br

Flávia disse...

Nossa... essa matéria do Senna foi emocionante... Ainda ouvindo a música, vendo o video dele ganhando e como voltar no tempo. Lembro que assistia Formula I só pq meu pai tb via, mas tinha um motivo muito grande pra eu ver, claro, ver o Senna ganhar! Depois disso nunca mais vi uma corrida, mas mesmo assim hj em dia torço muito pro Massa. Parabéns pela matéria Ana, ficou muito boa! Continue assim! Sucesso!