domingo, 3 de maio de 2009

Cruzeiro é bicampeão mineiro

Com a incrível vantagem conseguida no primeiro jogo da final, o Cruzeiro não teve problemas para se consagrar Campeão Mineiro de 2009. Com uma campanha impecável, a Raposa não perdeu nenhum jogo no campeonato, foram 12 vitórias em 17 jogos e 58 gols. O time de Adílson Batista vence o estadual pela segunda vez consecutiva. O jogo foi bem diferente do último domingo, no qual o Cruzeiro goleou o Atlético por 5 a 0. Dessa vez, com uma equipe mais coesa, o Galo jogou bem e ficou no empate por 1 a 1.


Cruzeiro comemora o bicampeonato mineiro no Mineirão.

O Atlético não se abateu com a larga vantagem cruzeirense e foi para cima no início do jogo. Com a volta de Éder Luís, suspenso no primeiro jogo, o time chegava com mais facilidade ao ataque. Mas o Cruzeiro também atacava, com Kléber, Wagner e Soares. A Raposa tinha mais volume de jogo e levou perigo ao gol de Juninho. Mas foi o Galo que saiu na frente. Éder Luís fez boa jogada pela esquerda e cruzou para o estreante Fabiano abrir o placar, 1 a 0 Galo, aos 16 minutos. O Cruzeiro não se abalou com o gol e se mandou para o ataque. Não demorou muito para empatar a partida. Aos 20 minutos, Soares foi derrubado na área por Marcos Rocha, pênalti. Kléber bateu para igualar o jogo.

Torcida cruzeirense fez a festa no estádio colorido de azul e branco.
No segundo tempo, os dois times continuaram tentando aumentar o placar. O Atlético chegou mais, mas tinha dificuldades para finalizar bem. O Cruzeiro administrou a vantagem e ficou no contra-ataque. Por reclamação Leão foi expulso no intervalo, e logo aos 6, Carlos Alberto também levou o vermelho. O Galo tentou pressionar, mas a vantagem do Cruzeiro era muito grande. O time de Adílson Batista segurou o empate até o final e comemorou o bicampeonato. No fim da partida, Welton Felipe fez falta feia em Kléber e foi expulso. O atacante cruzeirense Wellington Paulista chegou empurrando o zagueiro atleticano e também levou o vermelho. A confusão não foi suficiente para estragar a alegria do Cruzeiro. Festa azul e branca no Mineirão e o Cruzeiro bicampeão. Confira a comemoração cruzeirense após o jogo:

8 comentários:

Rafa Amaral disse...

Em São Paulo não temos muito contato com o Campeonato Mineiro, mas acredito que, como aqui, o resultado foi justo. O que não consigo entender é como o povo que vai aos estádios (aqui em SP) ainda consegue se manter como loucos selvagens, uma loucura, e que retira o brilho do verdadeiro esporte. Abraçoss, gostei do blog!

Clari... disse...

parabéns pro cruzeiro, então
;)

Leandro de Souza disse...

cruzeiro 2 melhor time do pais ou terceiro né srsrsrrs

http://teoriadopensador.blogspot.com/

planetadablogueira disse...

Parabens eeeeee


=DDDD

Claudio soccer fan disse...

Muito bom seu trabalho, quero ser jornalista esportivo também. Sorte pra você e seu blog.
Eu acho que o Cruzeiro vai brigar pelo título do Campeonato Brasileiro esse ano

sofismo disse...

Hei, por que só falar do Cruzeiro e do Flamengo.
E o meu todo poderoso Timão, entra em qual post?
hehehehe...
Sobrando um tempinho, visite meu blog
www.sofismo.wordpress.com

Breiller Pires disse...

Soberaníssimo em Minas, mas ainda deve na Libertadores e no Brasileirão. Tem time pra ser campeão nas duas. Só falta mesmo a regularidade.

Flávia disse...

Zeroooooo!! Zeroooooo!!
Parabéns pro Cruzeiro! Foi merecido!! O Galo não tá jogando NADAAAA!!!