domingo, 2 de novembro de 2008

Massa vence GP do Brasil mas perde o título à 500 metros do fim

Simplesmente emocionante. Assim foi o final do GP do Brasil, última corrida do ano, que decidiu o campeonato. Por alguns segundos, cerca de 500 metros, Felipe Massa sentiu o gostinho de ser campeão da Fórmula 1. A equipe da Ferrari chegou a comemorar o campeonato. Massa terminou a corrida em primeiro lugar e como campeão. Mas, como que tirando doce da mão de criança, Hamilton ultrapassou Timo Glock, da Toyota, na penúltima curva, voltou para a quinta colocação e para o título do campeonato.


Hamilton comemora o título.

Felipe Massa fez tudo o que devia fazer. Ficou com a pole e fez uma corrida perfeita, contando com a sorte ou com um erro de Hamilton. O inglês largou em quarto, e estava satisfeito, pois a posição lhe garantia o título. Lewis Hamilton não contava com a boa corrida realizada pelos pilotos Sebastian Vettel, da Toro Rosso, e Timo Glock, da Toyota. Os dois incomodaram e por pouco não ajudaram Massa a levar o título.
Antes da largada caiu a chuva que todos esperavam, adiando o início da corrida em 10 minutos. Na primeira volta Coulthard, da Red Bull e Nelsinho Piquet, da Renault, rodaram e saíram. Com o safety car na pista, massa não conseguiu abrir muita vantagem, mas se manteve na primeira posição. Com o fim da chuva, todos os pilotos tiveram que parar para trocar os pneus. Na volta, Hamilton caiu para a sétima colocação.


Confusão na largada.

Um erro de Trully, da Toyota e a ultrapassagem em cima de Fischella, da Force India, deram o quinto lugar para Hamilton, que voltava a ser o campeão com a posição. A maior parte da corrida os pilotos mantiveram suas colocações, com poucas mudanças nas primeiras colocações. Faltando oito voltas para o final, a chuva voltou a cair, fazendo com que os pilotos parassem novamente para a troca de pneus.
Faltando duas voltas para o final, as primeiras posições estavam definidas, com Massa em primeiro, seguido por Alonso, da Renault, Raikkonen, da Ferrari, Glock em quarto. Hamilton, ainda em quinto, ficou pressionado por Vettel, que não parou para trocar pneus. Quando, para delírio da torcida e da equipe da Ferrari, Vettel consegue a ultrapassagem em cima de Hamilton, deixando o inglês com a sexta colocação e sem o campeonato.


Massa chora a perda do campeonato.

Vettel passou Glock que não segurou a posição até o fim, e na penúltima curva da última volta, Hamilton volta para o quinto lugar e torna-se o piloto mais jovem a ser campeão da Fórmula 1, com 23 anos, nove meses e 26 dias. Com a vitória no GP, Massa se igualou a Emerson Fittipaldi (vencedor do GP em 1973 e 1974), Nelson Piquet (1983 e 1986) e Ayrton Senna (1991 e 1993), com duas vitórias em casa.

Mas comemora a vitória no GP do Brasil.


Assista as emoções da última volta do GP do Brasil de Fórmula 1:

2 comentários:

IVAN JÚNIOR disse...

Simplesmente excepcional! O GP de Interlagos além de ter sido emocionante do início ao fim, ainda torcemos por um título de Massa até a última curva. Pois é, esporte é isso, hora ganha, hora perde por segundos, metros ou erros. Não faltou torcida, mas valeu, ano que vem tem mais! Tomara que seja sem erros da Ferrari e título pra Massa!!!

Parabéns pelo trabalho Ana.

Iolanda disse...

Parabéns Ana Paula pelo blog...vá em frente.
Sou amante da formula 1...fiquei muito triste pelo Massa antes não divesse ganho a corrida doeria menos.
Bjs menina