sábado, 31 de outubro de 2009

Galo perde para Fluminense e se afasta do líder

O Fluminense venceu o Galo por 2 a 1, na última quinta-feira. Os poucos mais de 12 mil torcedores que estiveram no Maracanã para o jogo entre Fluminense e Atlético-MG comemoraram a vitória do time carioca como se fosse um título. Último colocado, qualquer ponto é importante para o Fluminense na luta contra o rebaixamento. Três pontos em cima do terceiro colocado é motivo para comemorar sim. Já os torcedores do Galo viram o time se distanciar do líder do Palmeiras e o sonho do título ficar mais distante. Fred e Conca marcaram para o Flu e o artilheiro Diego Tardelli descontou para o Atlético. Com a derrota e a vitória do São Paulo na quarta, o Galo caiu para a terceira posição e, agora, está quatro pontos atrás do líder Palmeiras.


Fred marca de pênalti e joga corações para a torcida tricolor.

Precisando da vitória para ainda sonhar em permanecer na série A, o Fluminense foi para cima do Galo logo no início de jogo. Marcando forte e dominando o meio-de-campo, o tricolor carioca deixou o time mineiro acuado no campo de defesa. O Atlético tentou chegar algumas vezes com Tardelli, mas o atacante estava muito bem marcado. A defesa atleticana estava desconcentrada, e tinha dificuldades de sair pro jogo. Os recuos de bola para o goleiro Carini foram constantes. Em um lance desse, o Fluminense quase marcou, mas Jorge Luiz, que recuou errado, voltou a tempo de tirar a bola que ia entrando. Com um time melhor tecnicamente, o Galo sentiu a falta de ritmo de Ricardinho, mal em campo. Maicon cruzou uma bola pela esquerda, que bateu no braço de Jorge Luiz dentro da área. Fred bateu o pênalti com paradinho e marcou. A chuva forte deixou o resto do primeiro tempo sem muitos lances perigosos.


Tardelli foi muito bem marcado, mas ainda conseguiu marcar o gol do Galo.

O Fluminense nem deu chance para o Galo reagir e já voltou do intervalo aumentando o placar. Com 50 segundos, Conca aproveitou as falhas da marcação e chutou na saída de Carini. O gol fez o galo tentar a reação e empurrar o tricolor para o campo de defesa. Ricardinho cobrou falta perigosa para a boa defesa de Rafael, aos cinco. Dois minutos depois, Rafael falhou na saída do escanteio e a bola sobrou na cabeça do Tardelli, que diminuiu. O gol animou os jogadores e equilibrou a partida. O Galo ficou mais ofensivo e o Fluminense aproveitou para jogar nos contra-ataques. Os donos da casa relaxaram e os visitantes tiveram mais chances reais. Mas pecavam nas finalizações. Carini ainda fez grandes defesas e Éder Luis chutou por cima do gol de cara com Rafael.

2 comentários:

Tideaugusto disse...

Galo ou flanelinha? ehauehaha

Naya Rangel disse...

uAHuha É esse jogo foi bom!O Fred carregou o time nas costas ^^

Abraços!