quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Cruzeiro vence de virada o Santo André e encosta no G4

O jogo entre Cruzeiro e Santo André serviu para testar o coração dos torcedores. Em uma partida emocionante, a Raposa venceu o Ramalhão por 3 a 2, de virada, com um gol do Thiago Ribeiro aos 46 minutos do segundo tempo. A vitória colocou a equipe de Adilson Batista na quinta posição, há apenas um ponto do G4. O time tem os mesmos 51 pontos do Flamengo, mas com uma vitória a mais. Já o Santo André, não conseguiu sair da zona do rebaixamento, e segue na 17ª colocação, com 32 pontos. O líder no momento é o São Paulo, que venceu o Inter e está com 55 pontos. Mas hoje ainda jogam Palmeiras e Atlético-MG, com 54 e 53 pontos respectivamente. Se vencerem voltam para o primeiro e segundo lugar na tabela.



Thiago Ribeiro (dominando a bola), marcou o gol da vitória celeste.

O primeiro tempo começou movimentado, com a equipe da casa buscando o gol. Superior tecnicamente, o Cruzeiro assumiu o meio-de-campo e dominou o jogo. Mas a qualidade do time não se revertia em gols. Com muitos lances perigosos, os jogadores falhavam na hora de finalizar. O meia Gilberto, que comandou o time, acertou uma bomba na trave aos 18 minutos. O atacante Guerrón, ainda tentando conquistar a torcida, perdeu dois gols de cara com o Neneca. Os cruzeirenses no estádio não perdoaram e o equatoriano. Diego Renan ainda arriscou um chute de fora da área, que saiu raspando a trave. O Santo André só chegou perto do gol de Fábio aos 43 minutos. Marcelinho Carioca cobrou falta e Nunes cabeceou por cima do travessão.


O camisa 10 Gilberto foi o melhor em campo e comandou o Cruzeiro.
A história da partida mudou no segundo tempo. As duas equipes precisavam da vitória e entraram motivadas. A vitória deixaria o Santo André fora da zona do rebaixamento. Já o Cruzeiro, queria manter a seqüência de vitória e encostar no G4. O visitante voltou ofensivo e perdeu uma chance logo no início. Pablo Escobar apareceu sozinho na cara de Fábio, mas perdeu a chance. O Cruzeiro respondeu com outra bola na trave de Gilberto. Aos 13 minutos, Guerrón fez as pazes com a torcida. Ele recebeu cruzamento na área, dominou e bateu por baixo das pernas do goleiro Neneca para fazer seu primeiro gol com a camisa celeste. Mas quatro minutos depois, Nunes empatou com um chute forte no canto do Fábio.
O time mineiro sentiu o gol. Guerrón saiu para a entrada de Eliandro. O Santo André foi para cima e virou o jogo aos 28 minutos, com Júnior Dutra. O Cruzeiro manteve a calma e se lançou ao ataque. O empate veio com o jovem Eliandro. Gilberto cruzou e o atacante, sozinho, cabeceou forte. A segunda virada da partida, veio nos acréscimos. De tanto tentar, o gol veio com Thiago Ribeiro, aos 46 minutos. Os jogadores do Santo André reclamaram muito de impedimento no lance, mas o árbitro validou o gol.

5 comentários:

Gabriel Nelson Koller disse...

resultado bom pro São Paulo!

http://www.sobreofutebolcarioca.blogspot.com/ disse...

o Cruzeiro esta chegando!

Vini e Carol disse...

Uma pena!
Moro em Santo André, e estou torcendo muito pro Ramalhão sair de perto da zona da degola, já que meu Coringão não tem mais chances de ganhar o título.

palavras ao vento disse...

o cruzeiro ganho no sufoco...mas ta valendo...

Tideaugusto disse...

o importante agora são os 3 pontos...
acho complicado o título mas a vaga no G4 está muito próxima.