terça-feira, 29 de setembro de 2009

Basquete brasileiro volta a brilhar na Copa América

Depois da belíssima atuação do basquete masculino ao vencer a Copa América e garantir vaga para o Mundial de 2010, foi a vez das meninas do Brasil levar o título do continente. A seleção feminina venceu a Argentina por 71 a 48, na final da Copa América, no último domingo em Cuiabá, e também assegurou a vaga para o Mundial do ano que vem. Agora, a equipe brasileira se prepara para um novo ciclo olímpico, visando as Olimpíadas de Londres em 2012. Após um período de problemas e resultados ruins, o Brasil começa uma recuperação com o tricampeonato da Copa América, e espera trazer mais alegrias nas próximas competições. A ex-jogadora Hortência, diretora feminina da Confederação Brasileira de Basquete, vai começar o planejamento do ciclo olímpico em outubro.


Seleção brasileira conquistou o tri na Copa América de Basquete.

O técnico Paulo Bassul juntou três gerações do basquete em quadra. A experiente Adrianinha foi eleita e melhor jogadora da competição. E para Bassul e Hortência, o destaque da nova geração é Franciele, de 21 anos. Com diferentes gerações juntas em quadra, é normal as atletas não terem tanto entrosamento. O desempenho da seleção feminina ainda não foi o ideal, mas agradou à comissão técnica. Mas, se quiser brigar por pódio no Mundial, o Brasil precisa treinar e acertar algumas coisas. Além da renovação dentro de quadra, essa nova fase também poderá sofrer mudanças na comissão técnica. O contrato do Paulo Bassul com a seleção terminou no fim do torneio e ainda não se sabe se será renovado.

3 comentários:

Asdrubal Cesar Russo disse...

Muito 10 esse blog de esportes!
E merecida vitória das meninas do Brasil!
Fiquei muito grato com o seu comentário no Blog de Inutilidade Pública :)
Abçs

David Aragon disse...

O Basquete no Brasil esteve em franca decadência nos últimos anos e é um esporte no qual temos bastante tradição. Espero que o recente sucesso das seleções masculina e feminina sejam o começo para um novo momento, de muito sucesso, para este esporte no país.

CHINFRAS e TALS

JacK B. disse...

felizmente o Brasil tem ganhado um espaço cada vez mais importante nos esportes mundiais, tanto no feminino como no masculino.