domingo, 23 de agosto de 2009

Seleção feminina é octacampeã do Grand Prix



A seleção feminina de vôlei manteve a invencibilidade no Grand Prix, venceu o Japão por 3 sets a 1, com parciais de 25/21, 25/27, 25/19 e 25/19 e se tornou octacampeã do torneio. Com a vitória, o Brasil reafirma a condição de maior campeão do Grand Prix, somando os títulos de 94/96/98/04/05/06/08/09. Durante a competição, o Brasil venceu todas as partidas e perdeu apenas 4 sets, todos na fase final. O time de José Roberto Guimarães podia até perder por 3 sets a 0 que seria campeã, se a diferença de pontos ganhos e perdidos fosse maior que 23 a Rússia seria campeã. Mas a equipe invicta na competição nem pensou em perder ao entrar em quadra neste domingo em Tóquio. Venceu e mostrou que a seleção campeã olímpica continua a melhor do mundo, mesmo com algumas renovações. A oposta Sheilla ganhou o prêmio de melhor jogadora da competição e Fabiana ganhou o melhor bloqueio.

Sheilla foi eleita a melhor jogadora do Grand Prix.
O dia 23 de agosto já era o mais especial na vida da seleção feminina de vôlei. Há exatamente um ano atrás, o Brasil conquistava a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim. Hoje, mais uma medalha para coroar excelente o trabalho feito pela comissão técnica e atletas. “É um dia muito especial. Dia 23 de agosto de 2008 foi quando conseguimos a nossa maior realização. Todo dia 23 a gente vai lembrar disso. Hoje, com mais esse título, será uma comemoração dupla”, disse o técnico José Roberto Guimarães. Mas esse dia tem motivo para mais uma comemoração. Hoje também é aniversário da ponteira Mari, que completou 26 anos.

Mari comemora o título e o aniversário no dia 23 de agosto.

O Jogo
O Japão começou sacando muito bem e Zé Roberto precisou colocar Sassá no lugar da Natália para melhorar o passe. A ponteira entrou bem e terminou a partida como maior pontuadora com 19 pontos. Até a metade do set, as japonesas estavam na frente com 19 a 16, mas o bloqueio brasileiro começou a funcionar e o Brasil virou em 21 a 20 com Mari. E fechou o set em 25 a 21 com um bloqueio de Mari novamente. O segundo set foi mais equilibrado, com o Japão aproveitando os erros brasileiros. Se no primeiro set o problema foi a recepção, no segundo foi o ataque. Zé tirou Dani Lins e colocou Ana Tiemi, mas o Brasil continuou errando. A estreante Camila Brait entrou para sacar, a bola voltou para o lado brasileiro, mas num erro de Sassá, as japonesas venceram o set por 27 a 25.
No terceiro e no quarto set, a seleção brasileira entrou mais concentrada e mostrou sua superioridade técnica em quadra. Thaissa formou um paredão na rede e não deixou quase nada passar. A meio-de-rede também mostrou eficiência no saque. Com a Sheilla dando um show no ataque o Brasil fechou o set por 25 a 19. No quarto set Mari saiu para a entrada de Natália, que demonstrou tranqüilidade no passe. Com a recepção funcionando bem o Brasil abriu seis pontos de vantagem. O Japão chegou a encostar, mas a seleção brasileira fechou em 25 a 19. O Brasil venceu as 14 partidas disputadas e ficou com o ouro. Com uma derrota e quatro vitórias, totalizando 9 pontos, a Rússia ficou com a medalha de prata do Grand Prix. O bronze foi para a seleção da Alemanha, com 7 pontos, duas derrotas e três vitórias.

6 comentários:

Ana Lucia Nicolau disse...

prabéns para as meninas...que continuem venncendo todas...

FábioE§¢orpïão disse...

Essa seleção feminina atual é sensacional e, pelo jeito, ainda vai ganhar muita coisa.

nane-chan disse...

>< parabéns meninas \o/

Théo Borges disse...

êÊÊÊÊÊ mulheradaaa...

nosso orgulho.. o volei brasileiro sempre teve destaque, pois as mulheres jogam muito, pena que no futebol, que também dão orgulho, nao recebem o mesmo incentivo que no volei neh...

abraços!
visite-me: www.leituraopinativa.blogspot.com

Théo Borges disse...

êÊÊÊÊÊ mulheradaaa...

nosso orgulho.. o volei brasileiro sempre teve destaque, pois as mulheres jogam muito, pena que no futebol, que também dão orgulho, nao recebem o mesmo incentivo que no volei neh...

abraços!
visite-me: www.leituraopinativa.blogspot.com

Mateus disse...

parabéns pra elas... esta conquista foi muito merecida. Jogaram bem, com raça e mereceram o título de campeãs.
Ótimo blog!